Resenha: A namorada do meu amigo- Graciela Mayrink

Autora: Graciela Mayrink
Editora: Novo Conceito
Páginas: 334
Gênero: Drama/Romance



Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que a sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você?Os churrascos da turma da faculdade talvez ajudem a esquecer Juliana, e, se depender do esforço do divertido Caveira, não faltarão garotas gente boa para preencher o coração de Cadu.Mas não adianta forçar... Quem consegue mandar no coração? Alice, a irmã de Beto, é só mais uma das dores de cabeça que Cadu tem que enfrentar. A vida inventa cada cilada!



Cadu sempre foi muito amigo de Beto e Caveira, eles formavam o grupo conhecido como ‘’Os Três Mosqueteiros’’ mas tinha a Juju, uma menina insuportável, chata, ninguém gostava dela, mas ela sempre dizia que iria se casar com Cadu. Até que Caveira chega e o informa que Juju está se mudando para Porto Alegre, e todos ficam felizes, pensando que nunca mais veriam a garota

Agora adolescentes, Cadu esta de férias e foi passar 3 meses com sua mãe em Florianópolis, mas na volta é informado por Caveira que Juju voltou, e agora está mais bonita, não é mais a mesma menina de antes, e esta namorando o Beto

É amor a primeira vista, Cadu se apaixonada pela ‘’nova Juju’’ ( que agora prefere ser chamada de Ju) mas ao mesmo tempo se sente culpado por estar amando a namorado do seu amigo. Você trocaria seu amigo pelo amor da sua vida?



Para começar, amei como a autora mostrou a amizade, mesmo Cadu gostando de Ju ele não esquece o quanto pode magoar Beto e perder sua amizade, ao mesmo tempo que não pode esconder seus sentimentos por ela. O livro possui um triângulo amoroso que mexe com o leitor, porque o livro é narrado pelo Cadu, então queremos que ele consiga cumprir seu desejo de namorar Ju, mas ao mesmo tempo acompanhamos Beto, que como melhor amigo do protagonista conta para ele como ama sua namorada, e acaba dividindo o leitor

A irmã de Beto, Alice, é apaixonada por Cadu, mas o sentimento não é reciproco, mesmo assim a garota o persegue, mas Cadu nunca namoraria ela, pois fez um acordo com seus amigos de que nenhum namoraria a irmã do outro

O que mais gostei foi que o livro conseguiu tratar de temas, como a família, mostrando Cadu e seu pai, Beto e o ciume pelas suas irmãs… Também conseguimos ver a amizade, como citei anteriormente, e durante a leitura iremos acompanhar os personagens em festas e bares

Juliana (Ju, Juju) não é nem um pouco inocente, Beto é obsessivo, antes era mulherengo, mas agora que está namorando sabe se controlar. Caveira é aquele amigo cúmplice, que adoro ir aos bares e não gosta de namorar, prefere ficar sem compromissos. O pai do Cadu tenta conversar com o filho e alertar sobre como é estar apaixonado pela namorado do seu próprio amigo. Cadu é um personagem normal, não achei ele super antipático, mas ao mesmo tempo não gostei de como ele age em algumas situações e nem de como ele toma decisões precipitadas

Por fim, não é uma leitura com mistério, reviravoltas tensas e todos os aspectos que deixam o leitor vidrado, mas é uma história bonitinha de acompanhar, leve, sem grandes acontecimentos.. Mas todas as cenas foram necessárias, pelo menos na minha opinião. É um livro gostosinho de ler, esperava um livro bem engraçado, mas não encontrei, não sera um livro que te deixara dando altas risadas, mas me deixou com um sorriso no rosto pela maneira de como a história foi contada. Por fim, indico, mas não espere uma história muito complexa


Nenhum comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Últimos livros lidos