Universo das Telas


Tornar-se mãe muda completamente uma mulher, na maioria das vezes. Aquele pequeno ser promove as mudanças mais radicais, afinal, é na mãe que ele vai se espelhar e dela devem vir os exemplos a serem seguidos. Seria perfeito se todas as mulheres que geram uma criança tivessem esse senso de responsabilidade e sentissem o poder desse amor que tudo transforma. Mas nem sempre é assim.

push_based_on_the_novel_by_sapphire_movie_image__4_


Não via a hora de assistir o tão premiado e comentado filme Preciosa – Uma história de esperança logo que foi lançado. Fiquei agoniada o filme todo. A produção retrata uma mãe, na verdade mostra várias mães, mas é sobre a mãe da personagem principal, Precious, que quero “falar”. Ela é o exemplo de mulher amarga, que culpa a filha por todos os seus problemas, quando ela não deu o exemplo e não se impôs. Ataca a filha continuamente, com todos os objetos que têm em mãos, até mesmo uma televisão, abusa da filha de todas as formas que consegue, não procura emprego e mente regularmente para a assistente social para obter dinheiro.

precious-01


Já a filha, Precious, tem apenas 16 anos e passa pela sua segunda gestação. Pobre, ignorante (em todos os anos na escola não aprendeu a ler) e quase sem esperanças em uma vida marcada por muita dor e sofrimento, vê na atitude da diretora de sua escola um caminho a seguir. Com o apoio da nova professora e colegas em uma escola alternativa, Precious se refugia de seus traumas com a ajuda de sua imaginação. O destino, se é que se pode culpá-lo, nunca foi bom com a garota. Desde criança Precious sofre com a violência e abusos de seu próprio pai, muitas vezes sob os olhares de sua mãe, que a culpa por ter roubado seu homem, quando deveria tirar aquele ser repugnante de cima da filha. Os dois filhos de Precious são de seu pai, a primeira nasceu com Síndrome de Down e é chamada de “Mongo”, diminutivo de Mongolóide. O pai no fim ainda deixa um outro “presente” digno de um monstro para a filha, o vírus HIV.
Mesmo com todas as pedras no caminho, a garota se toca que apenas ela pode mudar o rumo da sua vida. Com os dois filhos no colo segue, longe de sua mãe, para ser um exemplo melhor que o que teve para seus próprios filhos.

preciosa-2

Preciosa - Uma História de Esperança

Título Original: (Precious: Based on the Novel Push by Sapphire);
Direção: Lee Daniels;
Atores: Gabourey Sidibe, Mo'Nique, Rodney Jackson, Paula Patton, Mariah Carey;
Duração: 110 min;
Gênero: Drama












Beijos, Kellen Baesso!

13 comentários

Luciana Mara disse...

Ei gêmea!
Eu já tinha escutado falar sobre o filme, mas não tinha lido sobre o que era.
Ow, que barra a dessa menina.
2 filhos do pai e mais um presentinho no final.
O filme deve ser emocionante (e repugnante no início).
Bjins

Sanzinha disse...

Gêmea,

Acredito muito que deva ser realmente muito emocionante, mas eu não consigo ver um filme desses de jeito nenhum.

Aff... me deu até arrepios. =s

Bom ter vc aqui. Seus posts com suas dicas são um presente. :)

Adriana Brazil disse...

Oi!
Não conhecia esse filme, mas deve ser muito bom, já que Mariah tá nele!
Vou procurar na locadora!
bjs
Dri

Graça disse...

Olá, San!

Obrigada pela visita aos Botões, minha amiga!

Vou querer ver o filme, sem dúvida...aliás, estava mesmo hoje comentando que precisava de uma dica, olhaí...rs...muito grata...

San, você notou que seus nomes estão lá, seu e do Wilson, no convite para participar do Projeto Lexicoterapia - Adormecer e Acordar Palavras?...

Não quer aceitar, amiga?
Pode ser uma frase, um pequeno texto, um poema, desde que de sua autoria.
Se puder aceitar, vou ficar muito feliz!
Beijosssssss
Fique com Deus!

jayane disse...

Karamba tem que se preparar emocionalmente para ver esse filme,também queria ver assim que saio mais ainda não to preparada para ver ainda.

Caline disse...

Que vida triste e que mãe repugnante. Sempre tive muita vontade de assistir mas ainda não estou preparada emocionalmente para isso. Tenho certeza que é uma história muito forte e que concerteza tem uma lição de vida incrível.

Beijos
Caline
Mundo de papel

Ana Ferreira disse...

Kellen,
Sabe que só de ler a sinopse do filme já senti uma emoção forte, uma aflição e, ao mesmo tempo, aquela gratificação por estar em uma família comum, que me permite ter uma vida tranquila e feliz.
Lembra-me um pouco a história de "Um Sonho Possível", que concorreu ao Oscar juntamente com "Preciosa". Ambos um tanto tristes em sua essência, este muito mais, certamente, mas lições de vida e de superação extremamente válidas.
Tenho certeza de que chorarei horrores assistindo a esse filme. Não consigo me conformar com tanta crueldade, com tanta indiferença da própria família. É desumano...

Beijinhos,
Ana - Na Parede do Quarto

Kelly Marques disse...

Esse filme é realmente muito triste. Eu o assisti com minha irmã, quando ainda estava em cartaz nos cinemas. Me lembro de ter ficado com um nó na garganta e chorar com a cena da TV. Definitivamente não é um filme para pessoas muito sensíveis.
Beijos!

Miss Carbono disse...

Vi algumas partes desse filme pq minha mãe estava assistindo, já faz um tempo.

Achei a história bem triste, não sei se teria coragem de assistir inteiro pq essa menina (Preciosa) sofre mais que protagonista de novela mexicana, coitada =s

mesmo assim é uma lição pq ela tenta ter um futuro melhor, apesar de tudo...

teh mais

Anônimo disse...

putz!! Adorei guria!!! vou ver certo!! bjubju fer

Nanda disse...

Ei Kellen,

Eu já vi falar bastante, mas ainda não tive oportunidade de assistir.
Que barra hein, nossa, muito triste.

bjos

Mariana Renz disse...

Ai eu vi o filme!!
É chocante!!!!!!! Mas muito bom!

Fernanda - Trilhas Culturais disse...

Oie...cheguei...visitando os blogs parceiros rapidinho. Este filme só pelo post dá pra ver que é emoção pura, acho que é daqueles filmes que deixam a gente com os olhos "grudados" na tela...com certeza...emocionante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Últimos livros lidos