Marina - Carlos Ruiz Zafón





Título original: Marina
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Tradutora: Eliana Aguiar
Editora: Suma de Letras
189 páginas





Sinopse: Na Barcelona dos anos 1980, o menino Óscar Drai, um solitário aluno de internato, conhece Marina, uma jovem misteriosa que vive num casarão com o pai idoso. Em passeios pela cidade, os dois presenciam uma cena estranha num cemitério e se envolvem na resolução de um mistério que remonta aos anos 1940. Numa tentativa inútil de escapar da própria memória, Oscar abandona sua cidade. Acreditava que, colocando-se a uma distância segura, as vozes do passado se calariam. Quinze anos mais tarde, ele regressa à cidade para exorcizar seus fantasmas e enfrentar suas lembranças - a macabra aventura que marcou sua juventude, o terror e a loucura que cercaram a história de amor.

Como sempre mais uma vez eu passei um livro na frente de muitos outros que estão aguardando sair da estante e cair nas minhas graças. Mas tem horas que o livro lhe pede que vá até ele, e assim foi com Marina. Quando vi circular na internet sinopses e resenhas do livro e outras informações, não tive dúvidas. De repente, já estava na livraria comprando meu exemplar e iniciando a leitura dessas 189 páginas.
Tenho os outros dois livros do autor e ainda não li, como explicar? Não tem explicação, os livros apenas nos escolhe.
Pra quem já conhece a obra do autor já sabe da qualidade literária e de sua narrativa, e pra quem não conhece e assim como eu se impele a ler o livro quando lhe chama a atenção, eu digo - vale muito a pena.

Classificaram como literatura infanto-juvenil, eu como boa bibliotecária classificaria diferente - apenas literatura estrangeira, já diz algo sobre essa obra. São 189 páginas de narrativa que se passa lá atrás, e 15 anos depois do primeiro acontecimento. Óscar e Marina personagens principais (aliás, podemos dizer em outros principais, mas não é o caso) - irão viver uma história de amor que se inicia muito cedo e em meio a diversos acontecimentos que posso arriscar a dizer que faz parte da literatura gótica e vai lembrar outros autores. Cada passo, cada gesto e cada palavra é essencial para nos levar nesse labirinto do jardim, para mansões e quartos escuros que escondem segredos e "verdades".

Relações diversas, embricadas em caminhos que conjugam para uma história de mistério, armadilhas, amizade e vários tipos de amor. Trata de diversos temas e assim consegue prender o leitor para descobrir o que Óscar e Marina viram e viveram.

Paro por aqui pois não posso contar detalhes que estragariam essa prazerosa leitura.

Recomendo fortemente e espero ler suas impressões sobre essa narrativa rápida e profunda!

11 comentários

Fefa Rodrigues disse...

Oláá...

O primeiro livro do Zafon que eu li foi A Sombra do Vento, que comprei depois de ler a contra-capa... eu achei ele ótimo!!! Reli três vezes já... amei.

O Jogo do Anjo tbm é bom, comprei pq já conhecia o autor, mas não é tão bom qd Sombra do Vento...

Não faz mais que 3 meses, vi a propaganda de Marina no site da Saraiva... não pensei duas vezes, ser era do Zafon eu tinha certeza de que ia gostar e, mais uma vez, não me decepcionou. Gostei muito mesmo...

Sei que além destas tres obras o Zafon tem outrsa três obras ainda não traduzidas, mas "classificadas" como infanto-juvenil... não sei se segue a mesma linha destas outras três obras, mas se traduzirem, eu vou comprar!!!

Se quiser ler minha resenha sobre o livro Marina, me visita!!!

http://apaixonadaporpapel.blogspot.com/2011/11/marina-carlos-ruiz-zafon.html

Abraços
Fefa Rodrigues

Kellen Baesso disse...

Estou doida para ler!
Parece muito bom mesmo.
Beijos

Adriana Brazil disse...

Oi!
Nossa a capa do livro é linda! A história parece ser mt boa!
bjs

Julia G disse...

Também tenho visto várias resenhas sobre Marina e estou ficando curiosa com o livro. Não conheço as obras do autor, mas pelos montes de elogios que vejo quase todos os dias, imagino que deva ser de uma qualidade incomparável.

Beijinhos

Amanda disse...

Oi, oi.
Eu não conhecia esse autor não, o conheci a algum tempo com o lançamento desse livro.
Acho essa capa bem feiinha, não fui com a cara dela.
Ah, eu não tenho vontade de ler esse livro, mas agora lendo sua resenha (li só algumas) fiquei curiosa, mas não pretendo ler. Mas se pintar uma oportunidade, quem sabe. rs

Beijos, Book and Cupcake.

Mireliinha disse...

A cada resenha que leio fico mais encantada! *-*


:*
Mi
Inteiramente Diva

Cacá SS disse...

Nunca li nada do Zafon, mas estou muito curiosa com o Marina. Tanta gente recomendando...
Beijos

Cacá
*Meus Discos e Livros e Tudo o Mais*

£ädÿ disse...

não consigo pensar em Marina como um romance, mesmo sem ter lido ainda, simplesmente pq os outros dois livros do autor são tão cheios de mistérios e aventuras loucas que é dificil imaginar ele escrevendo algo diferente do que já faz tão bem. mas estou louca pra ler esse livro! é a primeira resenha que vejo dele e já me deixou atiçada! quando comprar, certeza que vou passá-lo na frente da fila toda!

Marco Antonio disse...

Olá Sandra,
Estou muito curioso e louco para ler esse livro, a história me parece muito boa e capa é muito bonita.

Abçs.

http://devoradordeletras.blogspot.com/

jay disse...

Lu algumas resenhas desse livro,mas a sua foi a que me deixou muito curiosa para saber o que acontece,como pode.

Raissa Debora disse...

eita q eu nem conhecia esse livro dele, mas tenho ctz q deve ser bom,e vc deixou isso bem claro na sinopse :)
adorei a dica e ja coloquei ela na minha lista \o/

bju
letracomasa.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Últimos livros lidos