A CASA DAS ORQUÍDEAS - Lucinda Riley

Título original: The Orchid House
Autora: Lucinda Riley
Editora: Novo Conceito
Páginas: 560
Sinopse: Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações. Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park... E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia. 

Eu confesso que comecei a ler o livro sem esperar muita coisa. Nunca havia ouvido falar da autora e nem de nenhum de seus romances, era novidade pra mim. Também não quis ler resenhas porque prefiri ser surpreendida. Comecei. Devagar e desconfiada, mas aos poucos a história foi me ganhando e terminei o livro com um sorriso. 

Bem, Julia Forrester é uma célebre e talentosíssima pianista, conhecida em todo o mundo, que morava em Paris e, depois de uma tragédia causada por um terrível acidente, ela volta a Londres, onde mora sua família, para passar um tempo e poder colocar a cabeça no lugar. 

O problema é que Júlia está imersa em sua depressão e evita a todo custo sair dela. Depois de muita insistência, Alícia, sua irmã, convence-a a fazer-lhe companhia em um leilão que acontecerá em Wharton Park, uma enorme propriedade onde elas passaram grande parte de sua infância, uma vez que Bill, seu avô, morava lá e era o jardineiro que trabalhava para a família Crawford, a quem o lugar pertencia. Bill cuidava da estufa, que era recheada de todos os tipos de orquídeas e flores exóticas que se podia imaginar. E um lugar que também foi palco de grandes decisões no decorrer dos anos. 

Animada pelas boas lembranças que guardava do local, Júlia acabou aceitando. Durante o leilão, ela resolve passear pelo lugar e acaba reencontrando Kit Crowford, herdeiro da propriedade e conhecido de infância de Júlia e Alícia. Mas Kit não tem nada de criança mais. Antes, tornou-se um homem muito educado e atraente e isso não passa despercebido aos olhos de Júlia. Assim, tem início uma tímida amizade entre os dois, ambos já sentindo que querem ser muito mais que amigos, mas sem coragem de admitir. 

Dias depois, por conta de uma reforma num dos chalés da mansão, Kit encontra um antigo diário, escrito no período da Segunda Guerra Mundial.Acreditando que o diário pertença ao avô de Júlia, ele a procura e lhe entrega, explicando como o encontrou. 

Curiosa sobre o diário, Júlia procura sua avó, Elsie, para conversar a respeito e, ao tocar no assunto, ela descobre que a avó tem muito mais para contar do que ela poderia imaginar. E aí tem início a história dentro da história. Uma preciosa e emocionante narrativa feita por Elsie, trazendo à tona uma linda e triste história de amor e um grande segredo guardado por gerações, que podem afetar inclusive a vida da própria Júlia. 

Neste romance, Lucinda Riley nos leva a viajar da Londres dos dias de hoje à Tailândia da época da guerra, contando-nos uma grande história de amor marcada por casamentos arranjados, mágoas, separações e perdão. 

E eu, que comecei o livro desconfiada, terminei completamente cativada. Me fez lembrar muito de Pássaros Feridos (que adoro muito e é um dos meus livros favoritos), por tratar sobre a saga de uma família e amores impossíveis. 

Enfim, A Casa das Orquídeas é uma leitura deliciosa e um livro que você não pode deixar de ter em sua estante.  :)

Recomendadíssimo!

8 comentários

Camila Araújo disse...

Tanto eu quanto minha mãe, também gostamos muito desse romance, San.
As duas histórias acontecendo ao mesmo tempo deixam a gente empolgada.
E ambas são histórias muito bonitas.
Bj.

Letícia Alves disse...

Pássaros Feridos eu vi só na tv e a continuação também, nunca li o livro.
Mas esse livro aqui parece ser bom, já tinha visto o título em algum lugar, mas não li nada a respeito.

Pode ser mais uma opção de leitura (mas eu tenho uma lista enoooooooooooooooooooorme hehehe)

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela resenha Sandra! Estou ansiosa para ler A Casa das Orquídeas! Beijo!

Amanda Faustino disse...

Sinceramente, espero gostar do livro, porque ler 560 páginas chatas é ruim demais. Então estou confiando em você! Espero que seja bom.

Beijos,
Mandi - Book and Cupcake.

Jéssica Moura disse...

adoro romances e esse realmente parece ser muito bom!
valeu pela diica!!
acabei de atualizar o meu blog da uma passadinha la!
beijoosss

www.jmphotosnet.blogspot.com.br

Marco Antonio disse...

Boa noite Sandra,

Li e resenhei esse livro no blog e gostei bastante e recomendo a todos....parabéns pela resenha....abçs.


http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

Raquel Machado disse...

Oi flor,
Nossa agora me lembrei da minha mãe aahuahua ela que adorava o tal passaros feridos ele tem ate uma serie da tv que passou no SBT uma epoca não e???RSRSR...Estou com esse livro aqui e espero gostar da leitura tanto quanto voce gostou.
Bjss
Raquel Machado
Leitura Kriativa
http://leiturakriativa.blogspot.com/

Alanna Stefany disse...

Super gostei!!
Estou seguindo, com certeza voltarei mais vezes.

beijos (beareadaholic.blogspot.com) ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Últimos livros lidos