O ROSTO QUE PRECEDE O SONHO - Maurício Gomyde

Tìtulo: O rosto que precede o sonho
Autor: Maurício Gomyde
Editora: Porto 71
Páginas:176
Classificação: 
Sinopse: Os sinais que ele não percebeu, no dia do acidente, poderiam ter evitado que seus pais entrassem naquele avião. Tempos depois, algo inesperado mudou o rumo das coisas, e ele, então, passou a esperar o dia em que os sinais voltariam... Tomas Ventura levava uma vida quase perfeita, cercado por tudo que sempre quis: um violão, um telescópio, muitos discos bons, amigos, um emprego de sonhos e uma casa que flutuava. Mas no dia em que recebeu a proposta de trabalho da sua vida, o convite para participar da trilha sonora de um grande filme de Hollywood, ele decidiu dizer “não”. Até que dois sinais, os olhos cor de mel daquela menina, mostraram-lhe que ainda havia motivos para seguir em frente... 



Neste livro, Maurício Gomyde nos apresenta Tomas, um músico na casa dos seus trinta anos, sensível, inteligente, educado, engraçado e cheio de vida. Seu melhor amigo é BJ, dono de um sebo/café no centro de Brasília – sim, desta vez o cenário da trama é a cidade do próprio autor .

A história começa com Tomas lamentando-se com BJ sobre o término de seu último relacionamento. Vinha sendo traído havia dois meses e estava curtindo a famosa “dor de corno”.

Lá estava ele chorando suas pitangas quando a porta do sebo se abriu. Curioso, ele virou-se para ver quem entrava e, desde então, nunca mais se lembrou de sua ex. A jovem que havia chegado era a coisa mais linda que Tomas já havia visto e ele tinha que saber quem era ela. Percebendo que ela estava interessada num lote de discos antigos, ele começa a fingir interesse também e os dois meio que começam a brincar de brigar pelos LPs. Para resolver a situação, BJ propõe um desafio e a jovem ganha. Ela e Tomas conversam um pouco mais, riem juntos e depois ela se despede.
Quando ela está saindo, Tomas pergunta seu nome e ela lhe responde que talvez lhe diga dali a uma semana, na mesma hora, naquele lugar.

A moça em questão é fotógrafa e está fazendo um trabalho sobre borboletas. Ela, assim como Tomas, é fã da boa música e, também como ele, é aventureira.

Eu sinceramente não sei mais o que dizer sobre o livro. Não porque a história não seja boa, mas porque eu penso que qualquer coisa que eu diga a mais acabará com o encanto dessa história. O que mais nos emociona em O rosto que precede o sonho é realmente o lance de ir descobrindo aos pouquinhos e se envolvendo cada vez mais.

Maurício Gomyde nos presenteou com uma história tocante, linda, repleta de sonhos, de beleza, de alegria e de vida.
É impossível não se deixar contagiar pela alegria de Tomas e de não ser instantaneamente cativado por ele. Impossível não chorar quando você começa a perceber o que está por vir, ou não se emocionar com os conselhos que ele dá aos amigos. (Deus do céu, eu tô chorando enquanto escrevo esta resenha, só de me lembrar da história!)

O livro transborda sensibilidade, contando a história que se desenvolve entre dois artistas e nos deixando por dentro de suas vidas e da visão do mundo que ambos têm. Um dá força ao outro sem saber, sem querer.

Apesar de uma narrativa leve e descontraída, o livro realmente é uma história tocante e inspiradora e, o que mais me surpreende, bem real. As descrições são tão reais que a gente consegue ver cores, sentir aromas, brisas e todo o resto. Obviamente também tem uma trilha sonora, que vou deixar pra vocês logo abaixo.

Enfim, O rosto que precede o sonho  é um livro que todos deveriam ler, porque o amor relatado nessas páginas deve ser conhecido, contado e recontado.

Vou terminar este post com uma coisa que eu disse pro Maurício sobre seus livros:

O mundo de vidro me fez rir.
Ainda não te disse nada me fez suspirar.
E O rosto que precede o sonho me fez chorar.

Abaixo, as músicas que nos embalam enquanto conhecemos a história de Tomas:


Simplesmente uma delícia, não é?
Termino este post dizendo que Maurício Gomyde é, pra mim, um dos melhores escritores nacionais atualmente e, é claro, um dos meus queridinhos. Impossível não se deixar envolver por suas histórias.
Espero que tenham gostado!

7 comentários

Kellen Baesso disse...

Fiquei mega curiosa agora. Quero ler!!!
Gosto bastante da escrita do Maurício também, ela é simples e gostosa. É diferente, é dele.
Vou querer ler o lançamento, com certeza.
Beijos

Camila Araújo disse...

O Maurício sabe levar a gente para um mundo de sonhos que, ao mesmo tempo, é real.
Só falta eu ler O Mundo de Vidro.
O Rosto me fez soluçar horrores também de tão lindo que é!
Super emocionante!

Beijos.

Marco Antonio disse...

Boa tarde Sandra,


Li todos os livro do Maurício e concordo com voc~e um dos melhores autores nacionais do momento....parabéns pela sua resenha....abçs.




Larissa Marçal disse...

Gostei da resenha, espero estar lendo em breve pois fiquei curiosa, rs.

Larissa,
http://garotameiosangue.blogspot.com.br

Babi Lorentz disse...

Você falou tudo! Cada um dos livros dele nos deu uma sensação diferente. Entendo tudo isso perfeitamente porque também senti o mesmo que você.
Além disso, gostei bastante de você ter escondido as coisas na sua resenha. Acho que isso até ajuda a deixar os leitores do blog com vontade de procurar o livro e entender o motivo de ter tanta gente gostando dele.
Beijos.

Gleice Couto disse...

Não gostei muito desse livro do Maurício... Pra mim é o mais fraco dele... :( Previsível e clichê. Ainda prefiro O Mundo de Vidro. :) Mas parabéns pela resenha. É tão bom qd um livro nos emociona assim, né? :)

Beijooooooooooos

Gleice
www.murmuriospessoais.com

Raquel disse...

Oi flor,
Estou com esse livro aqui em casa ele chegou finalmente e espero pegar ele para ler logo porque essa historia não sei oq ue ela tem mas ela toma minha atenção, vou ir preparado meus lencinhos de papel.
Bjssss
raquel Machado
Leitura Kriativa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Últimos livros lidos