O CÉU ESTÁ EM TODO LUGAR por Jandy Nelson




Título original: The Sky Is Everywhere

Autora: Jandy Nelson
Editora: Novo Conceito
Páginas: 424
Sinopse: Este é um livro de estreia vibrante, profundamente romântico e imperdível. Lennie Walker, de dezessete anos de idade, gasta seu tempo de forma segura e feliz às sombras de sua irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre abruptamente, Lennie é catapultada para o centro do palco de sua própria vida - e, apesar de sua inexistente história com os meninos, inesperadamente se encontra lutando para equilibrar dois. Toby era o namorado de Bailey, cujos sentimentos de tristeza Lennie também sente. Joe é o garoto novo da cidade, com um sorriso quase mágico. Um garoto a tira da tristeza, o outro se consola com ela. Mas os dois não podem colidir sem que o mundo de Lennie exploda...

Lennie Walker é uma garota de 17 anos obcecada por livros e música e sua segunda maior paixão é tocar seu clarinete. A primeira? É a sua irmã mais velha, Bailey.
Enquanto Bailey era a garota popular na escola, a mais bonita, mais inteligente, mais invejada e a que mais se destacava, Lennie era simplesmente Lennie. Ou nem isso, ela era a “irmã mais nova de Bailey”. Mas isso não a incomodava, ela até gostava! Ela se sentia segura vivendo à sombra da irmã mais velha, tendo a quem seguir pelos caminhos da vida. Ambas moravam com a avó e o tio Big.


Porém, repentinamente, Bailey sofre um ataque do coração e morre no ensaio de uma peça da escola, deixando para trás uma família despedaçada com sua perda. 

Nos dias que se passaram depois do enterro da irmã, Lennie ficou cada vez mais fechada e silenciosa, não conversava com ninguém ignorava as tentativas dos amigos e evitava falar qualquer coisa com a vó ou o tio. Tudo o que importava era lamentar a morte de Bailey. Lennie sentia que não tinha mais o direito de viver, de sorrir ou sentir-se feliz. Não quando sua irmã estava dentro de um caixão sem nunca mais poder fazer aquelas mesmas coisas.


Nesse momento conturbado de sua vida, ela acaba por ter um estranho envolvimento com Toby, namorado de Bailey. Ambos acreditam que apenas os dois podem entender o sofrimento um do outro e, por causa disso, misturam os sentimentos e começam a se envolver seriamente.
Porém, Joe Fontaine, o novo aluno da escola, também está apaixonado por Lennie e faz de tudo para conquistá-la.  E consegue. Lennie se apaixona perdidamente por Joe, mas não deixa de se envolver com Toby e, ao mesmo tempo, acredita que não deve ficar com Joe porque ela não pode ser feliz.

É durante essas situações difíceis que lhe aparecem, tanto com os meninos quanto em casa, que Lennie vai aprender a lidar com a perda e com o amor.

Eu não sei dizer se li o livro num momento errado da minha vida (rs), se é o fato de eu ser mais velha que a personagem, se estou saturada de personagens deprimidas ou se é tudo isso junto, mas o fato é que, enquanto todo mundo achou esse livro perfeito e lindo, eu não gostei taaaanto. Quer dizer, é claro que todos nós sofremos com a perda daqueles a quem amamos, mas Lennie tem uma postura tão egoísta e ao mesmo tempo tão vítima, que ela só fez me irritar.  

Primeiro que ela acha que somente ela perdeu alguém a quem amava, sendo que o tio e a avó também perderam. Depois, fica se punindo por acontecer algo de bom na vida. Se ela sorri, já desfaz o sorriso logo em seguida, porque ela não deve sorrir, sua irmã está morta! Se vai para a escola, vai contrariada, porque não era justo ela poder ir à escola viver sua adolescência quando sua irmã não poderia mais. Ela não deveria nem comer, porque – por Deus! – sua irmã estava morta! E tudo o que ela fazia era com aquele ar de vítima de minha-irmã-morreu-e-por-isso-eu-não-devo-mais-viver-ou-ser-feliz.

Ah, gente, por favor! Tudo bem que cada um lida com a sua dor de um jeito, mas as atitudes dessa menina simplesmente não cabem na minha mente. Menos ainda como ela continuava a se encontrar com Toby, mesmo apaixonada por Joe!
Não, não... muita depressão e muito egoísmo pra uma pessoa só! Ninguém aguenta ficar perto de uma pessoa assim. 

A avó de Lennie é uma graça, uma pessoa muito inteligente, sentimental e engraçada. Joe é o garoto perfeito: carinhoso, atencioso, cavalheiro, educado... um gentleman! Os demais personagens também são ótimos, o que me faz pensar que se não fosse a Lennie-muro-de-lamentações, eu teria gostado muito mais do livro.

Como vocês já devem saber, a diagramação é linda, com fonte azul, várias ilustrações e muitas referências a livros, filmes, música e bandas. Fisicamente o livro é lindíssimo mesmo! Mas, como eu disse, acho que não o li num bom momento da minha vida e talvez por isso eu não tenha gostado tanto. Me entendam, eu não estou dizendo que não é um bom livro, porque é. Estou apenas falando da minha implicância pela protagonista e isso é muito, muito pessoal. Tanto que acho que fui a única que não se extasiou com a leitura. Pois, se vocês lerem outras resenhas por aí, verão o quanto as pessoas falaram bem dele e amaram a história!

Acredito que O Céu Está Em Todo Lugar seja o tipo de livro que tem seu público específico. Quem gosta desse estilo, tenho certeza de que vai adorar!
Mesmo assim, recomendo a leitura, porque mesmo que vocês, assim como eu, não gostem da Lennie, irão se apaixonar pela vovó e pelo Joe! =)

16 comentários

Adriana Brazil disse...

Oi San!
Não li ainda, e quero muito ler. Já vi na livraria, ele realmente é lindo, cheio de detalhes.
Quanto a gostar, realmente é assim, acho que tem uma hora certa, vários livros eu li e não gostei, reli em uma nova fase e me apaixonei. Acredito tb no momento certo, que não da pra saber rs

bjs

✿ Nessinha✿ disse...

Olá!
Adorei sua resenha!
Sabe, eu estou louca para ler este livro, parece ser interessante!
A capa dele é linda de mais!!

bjos
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

Gih Pinheiro disse...

Ai Flor, entendo perfeitamente o que vc quer dizer. Mocinhas que se fazem de vítima e triângulos amorosos realemnet irritam se não estamos num bom momento para ler...kkkkk

Não sabia do que se tratava o livro, mas é diferente do q eu imaginava,qdo eu tiver paciência lerei para ter certeza do que acho...kkk

Beijos

http://kastmaker.blogspot.com/

Luciana Mara disse...

Ei gêmea!

O livro tem mesmo uma apresentação linda e eu estou louca para lê-lo.

Liga não, acho que todo mundo teve implicância com a protagonista.

De qualquer forma, o que vale é a opinião sincera ;)

Lerei em breve!

Bjins

Kellen Baesso disse...

Gêmea, Lennie sabe ser pé no saco mesmo. Ela foi tudo isso que você disse, muto egoísta. Na minha opinião, claro que ela tinha que sofrer, quem não sofreria com uma perda dessas? Mas com o baque ela deveria dar mais valor à vida dela e curtir tudo que pudesse.
Mas ela ainda vai aprender isso, é nova. ;)
E Joe Fontaine é muito amor, hehehe. Dono do meu coração no momento - de personagem literário, que fique bem claro.

Beijoca!

Amanda disse...

Preciso ler esse livro. Só isso que digo. rs

Beijos,
Mandi *-*
Book and Cupcake

Mariana Ribeiro disse...

Olá, San!!
Não li ainda este livro, mas após conferir aqui o seu ponto de vista me desanimei um pouco rs. Só tinha visto comentários positivos a respeito, mas sabendo agora que a personagem tem um perfil excessivo de auto piedade não me agrada nem um pouco.
Fico impaciente ao ler livros com postura negativa demais diante da vida e dos fatos, mas espero ter uma opinião diferente sobre ele.
Adorei a sua resenha!
Bjos.

Mariana Ribeiro
Confissões Literárias.

Marina Oliveira disse...

Eu não tinha muito interesse no livro, acabei de ler uma resenha que me deixou mais curiosa e a sua acabou me passando outra visão do livro. :X usahasusah
Acho que também ficarei bem irritada com a protagonista (combino bastante com você nessa questão), mas acho que ainda darei uma chance ao livro. Até você que não gostou muito, recomendou. :)
Realmente, o livro é lindíssimo *-*
Beeeijos

Marina Oliveira
http://distribuindosonhos.blogspot.com

Paola Patricio disse...

Esse é simplesmente um dos melhores livros que li durante o ano! Lennie me fez raiva em alguns momentos, mas a achei muito forte... Acho que não iria suportar tamanha perda!

E Joe.. Ah Joe! Totalmente apaixonante!!!!

Adorei a resenha!

Beijos

тαмуℓαηє disse...

San achei sua resenha muito válida, embora eu discorde do que você disse e ache esse o segundo melhor livro do ano (depois de Perdida, da Carina Rissi) por que odeio uninanimidades. Todo mundo amou o livro e só você veio na cara e na coragem contra a maré (quantas analogias eu fiz! *--*). Enfim, ótima resenha como sempre!
E dê uma chance para o livro em outra época da vida :B
Kisses ♥

http://verbologiapink.blogspot.com/

Cacá SS disse...

Oi San,
Todo mundo elogiou bastante esse livro, então é bom ver quem não gostou tanto assim para balancear as coisas, rs ;D
Tenho curiosidade em ler, mas considerando que tenho um histórico de me irritar profundamente com protagonistas meio egoístas então é bom me preparar, hehehe
Beijos

Cacá
*Meus Discos e Livros e Tudo o Mais*

Marco Antonio disse...

Olá Sandra.
Não conhecia este livro e achei interessante, que sabe no futuro.

Abçs.

http://devoradordeletras.blogspot.com/

Aline disse...

Todo mundo está falando desse livro!! estou louca para ler!!
Ótima resenha!
A capa do livro é linda né?!
Bjs

Nanda disse...

Ei San,

Eu amei este livro, os trechos são lindos, achei o Joe perfeito.

Acho que não da para falar o que a pessoa deve ou não sentir neste momento, uma coisa é vc perder alguém doente ou mais velho, vc sofre mas já está preparada. Ela não tinha pais, a irmã era tudo para ela, eu entendo. E a vó e o tio tinham uma vivência, sei la, eu entendo o lado dela rs.

bjoss

Raphaela disse...

Saaan,

eu ja tinha falado para você que achava o livro lindo, eu entendo as suas considerações e até posso achar que a Lennie foi um pouco egoista sim, mas entendo a confusão pela qual ela estava passando. De qualquer maneira, entrou para o meu top de livros mais lindos esses ano.

É maravilhosos!


Beijokas! :*

Raphaela
Equalize da Leitura
@EqualizeLeitura

Diego França disse...

Muito boa essa resenha sobre o livro. Realmente achei a história interessante! A trama parece bem instigante e quanto aos personagens... Realmente esse sentimento egoísta e de perda não se entendem muito bem quando nós leitores o encontramos!

Lindo seu blog. Vou participar da promoção.
Bjuxx =D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Últimos livros lidos