MILAGRES DO ÁGAPE - Carol Kent e Jennie Afman Dimkoff

Título original: Miracle on Hope Hill - and other true stories of God's love
Autoras: Carol Kent e Jennie Afman Dimkoff
Editora: Valentina
Páginas: 302
Classificação: 
Sinopse: Milagres do Ágape é uma coletânea de histórias verídicas, e, mais do que isso, inspiradoras, edificantes e belas, que mostram, de forma simples e de coração aberto, a manifestação do amor de Deus intervindo na vida de pessoas comuns. São relatos de amor e celebração, mas também de corações partidos, sofrimento e tragédias pessoais. Todas com a marca comum do “Momento de Deus”, mostrando Seu amor, Sua mão acolhedora e Sua bênção. Os leitores vivenciarão momentos tão inesquecíveis e espetaculares que nunca mais sairão da memória. O livro, como um todo, é uma experiência que abençoará de forma indelével a alma dos leitores e nos ratifica a certeza de que nunca, jamais, devemos perder a esperança ou deixar de orar. Não são meros acontecimentos do acaso, não são golpes de sorte, tampouco coincidências. Quando verdadeiramente paramos para pensar em situações como as que estão relatadas em Milagres do Ágape, descobrimos a manifestação onipresente de Deus e, daí em diante, passamos a reconhecer Seu modo afirmativo, Sua liderança e Seu infinito amor. 


Este é um livro que, embora eu recomende  todos, infelizmente não serão todos que entenderão sua essência e talvez até se frustrem com a leitura.
Para os que - como eu - acreditam em Deus, este é um livro que nos faz refletir e sorrir. 
Ao ver um livro cujo nome começava com a palavra Milagres e tinha relatos um pouco mais adiante, o meu primeiro pensamento foi de que eu leria sobre os "grandes" milagres, do tipo pessoas sendo curadas de doenças incuráveis, cegos enxergando, mortos ressuscitando, paralíticos andando e coisas assim. Felizmente eu me enganei.

Milagres do Ágape nos traz 39 relatos sobre os "pequenos" milagres da vida. Aqueles aos quais não damos importância e sequer consideramos milagres, porque estamos sempre à espera dos grandes, os pequenos não nos interessam. Um casaco pequeno e apertado que foi doado e fez o inverno de alguém um pouco mais quente. O descobrimento do grande amor de sua vida no seu melhor amigo. A mão de estranhos estendida quando sua própria família lhe vira as costas. O amor que é capaz de mover montanhas quando pessoas de bem se juntam em prol de uma boa causa. Nossos olhos abrindo-se de manhã, permitindo que possamos nos dar conta de que mais um dia nos foi concedido com a chance de nos fazermos felizes. O sorriso de uma pessoa querida, a certeza de uma amizade leal e sincera... Esses são os relatos de milagres que temos neste livro, que eu precisei ler para me lembrar de que todas essas coisas são milagres tão grandes e maravilhosos quanto o mar se abrindo sozinho para uma multidão passar.

Não precisamos que o mar e abra para nós. Precisamos de gentileza, precisamos amar nosso próximo e fazer o bem a quem nos rodeia e a quem necessita. Precisamos ter o nosso coração puro. Esses são os milagres dos quais precisamos hoje. E o livro me fez recordar dessas necessidades urgentes que eu mesma tenho. Eu quero viver esses milagres todos os dias, preciso deles.
Abaixo, deixo o texto da contracapa, que expressa bem o que eu quis transmitir aqui pra vocês:

"Repare bem e você verá que a vida está repleta de momentos divinos! De vez em quando eles são tão espetaculares que é impossível não percebê-los em meio ao corre-corre diário. 
Muitas vezes atribuímos essas bênçãos inesperadas à sorte ou simplesmente acreditamos ser merecedores delas. Porém, quando paramos para pensar e analisarmos melhor, percebemos o quanto Deus é onipresente e ativo em nossas vidas. 
Todas as histórias contadas aqui têm como fio condutor a redenção e a miraculosa intervenção do Senhor. Mostram como nossas vidas podem ser mais plenas quando nos abrimos às doces e inesperadas bênçãos de Deus".

Milagres do Ágape me fez sorrir, chorar e reavivar a leveza no meu coração.

Espero que esse livro alcance muitas outras pessoas, pois sua leitura vale muito a pena.
Recomendadíssimo!


5 comentários

Thaís Cavalcante disse...

Eu senti uma paz tão grande ao ler os relatos desse livro. É fácil perceber a forma com que Deus age nas coisas mais simples, né? :)

Adorei o blog e quero saber todas as novidades! Já estou seguindo. Espero que curta o meu!
www.pronomeinterrogativo.com

Sabrina disse...

Olá, Sandra!

Nossa!
Agora, lendo a sua resenha, fiquei ainda mais feliz por ter ganhado este livro aqui no seu blog.
É de uma leitura dessas que eu estava precisando. Algo que faça com que venhamos parar para contemplar as belezas da vida, presentes nas pequenas coisas e nos pequenos gestos, mas atos que, se realmente realizarmos, passam a ser geradores de grandes feitos, milagres.

Não vejo a hora deste livro chegar aqui em casa. hehe
Beeijo, querida!*;

Marco Antonio disse...

Boa noite Sandra,

Não conhecia esse livro, mas apesar da sua excelente resenha e a sua recomendação confesso que não faz o meu estilo....abçs.



http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

Luciana Mara disse...

Ei gêmea!

Eu não consigo ler livros assim.
Acho que tenho algum problema...HAHA

Bjins

Kellen Baesso disse...

Parece interessante, mas também não me encaixo nesse tipo de leitura. Não é para mim.
Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Últimos livros lidos