De Tudo Um Pouco - Devaneios da Gih (De olho nos clássicos)

O Corcunda de Notre-Dame
Victor Hugo
(Notre-Dame de Paris)



Sinopse: Victor Hugo foi o maior poeta romântico da França e um dos seus maiores prosadores. Produziu várias obras-primas, entre elas o romance medieval O Corcunda de Notre Dame (1831). A história é centrada na tragédia do corcunda Quasímodo e da cigana Esmeralda. É no interior da grande catedral gótica e nos labirintos das construções de Paris que se desenrola a terrível história de paixões impossíveis de seus personagens.Victor Hugo reuniu magistralmente em seu famoso romance religiosos e vagabundos, ciganos e nobres, padres e leigos — heróis e vilões. Com poderosa imaginação criadora, Hugo desperta em seu leitor as mais variadas emoções: do profano ao sagrado, do grotesco ao sublime. A história teve várias versões cinematográficas.

(skoob)

Essa obra retrata a França do século XV, cheia de festas, revoltas e execuções, que ocorrem próximo à Catedral de Notre-Dame. O autor dedicou dois capítulos do livro apenas para descrever a catedral e dar uma visão diferente de seu estilo gótico e da Paris da época.

Quasímodo é abandonado nas escadarias da catedral e criado pelo arcediago Claude Frollo. Quando cresce o pobre rapaz se torna sineiro da torre e esconde sua horrível corcunda e feições deformadas da visão de todos.

Frollo é consumido pelo desejo que sente pela bela cigana Esmeralda e manda Quasímodo sequestrá-la, mas o plano é frustrado por Phoebus, capitão dos arqueiros reais, que também é apaixonado pela moça.

O pobre corcunda é preso, castigado e humilhado. Com pena dele Esmeralda lhe leva água e conquista o carinho da estranha figura.

Amores, mortes e dramas psicológicos, assim é O Corcunda de Notre-Dame. Um religioso cego pela luxúria que é capaz de matar e ver seu objeto de desejo perecer, um jovem excluído que sofre perdas irreparáveis e uma história de amor que não teve um belo fim.

Muitas adaptações para o cinema foram produzidas, mas acredito que a mais famosa e leve é a versão da Disney, que conta um enredo triste e sombrio de forma original e com muitas alternativas.


Beijos da Gih...
...e até a próxima!!

3 comentários

Julia G disse...

Minha irmão leu uma daquelas versões literárias menores (sei lá como funciona), mas ficou desapontada, já que esperava algo estilo disney mesmo. rsrs

Beijos

Carissa Vieira disse...

Eu AMO o livro!
Acho a versão da disney bonita, mas leve demais. Gosto do musical de teatro, feito em Paris. É a minha adaptação favorita.

Beijos,

Carissa

Gih Pinheiro disse...

Pois é, a Disney torna tudo mais mágico e belo para as crianças e acho isso algo maravilhoso, já que cresci com esses filmes e os vejo até hoje. Mas o enredo original é bem diferente, tem muito mais a ver com as relações humanas, com os pecados e vícios do povo, algo mais profundo e intenso.

Obrigada pelos comentários meninas! ^^
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Últimos livros lidos